quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Avelãs: três é o número que Deus fez*

E eu não gosto de Maracujá...



Creme de Avelãs: Macarons de Maracujá: Uma vez estava a passar por um corredor do Lidl e vi um tapete de silicone para macarons. Na altura pareceu-me uma ótima ideia comprar um t...

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Seres perfeitos...

Creme de Avelãs: Resumo dos Tempos de Ausência #2 - Parte I: Depois de tanto tempo sem publicações novas, venho aqui na tentativa de me redimir perante vós com um resumo das minhas férias. Atentem bem...

sábado, 25 de junho de 2016

Para mexer bem...

Creme de Avelãs: Coquinhos (3 ingredientes) (Sem Glúten/Lactose, Se...: Não sei se conhecem o pocket . Basicamente, é um site/aplicação que permite guardar páginas e artigos que se encontrem na Internet através...

domingo, 15 de maio de 2016

Motricidade fina....



Creme de Avelãs: Bolo com Chantilly e Morangos: Acho que já vos saturei com mencionei aqui o facto de que, no geral, a minha família prefere bolos simples aos mais elaborados, com cremes...

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Livros

Creme de Avelãs: Livros #1 - Desporto e Alimentação Saudável (Fnac)...: No dia do livro, celebrado amanhã, dia 23 de Abril, a Fnac vai ter 20% de desconto direto em todos os livros (espero não ter provocado nenh...

Parabéns







Creme de Avelãs: Meio Milhão de Vizualizações (Obrigada!): Lembro-me na perfeição do dia em que atingi as mil visualizações de página em 24 horas aqui no blog. Tinha feito bolo de banana no microond...


terça-feira, 8 de março de 2016

domingo, 24 de janeiro de 2016

sábado, 2 de janeiro de 2016

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Olhem o céu...

Creme de Avelãs: Bolo de Leite Enqueijado: Aproxima-se a época de Natal. Claro que este julgamento é subjetivo - os supermercados e lojas já a declararam subtilmente dispondo chocola...

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

sexta-feira, 19 de junho de 2015

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Municipalização da educação...

...Consulta aos professores e educadores!!!

*Para que querem saber a nossa opinião se o objectivo é ignorá-la?


imagem (re)tirada de um sitio qualquer...

terça-feira, 19 de maio de 2015

Um ano depois e está tudo igual...

Isto sim é evolução*
Nem sei a quem nem como agradecer,sinto-me tão abençoada;)
Um enxerto de porrada era o que eu merecia,quase sempre,para perder esta minha mania de achar que sou muito esperta!!!
A sério que estou feliz por vocês...

HOJE O MEU FILHO LEVOU UMA FITA,NO CABELO,PARA A ESCOLA.NUNCA VI NADA TÃOOOOOOOOOOOOOOOO BONITO...DEFINIÇÃO DE PERFEIÇÃO:)
Isto é um ataque de vaidade...
Bom dia,a vida é dia sim dia sim. 

domingo, 10 de maio de 2015

Lisboa*

É onde tudo acontece,onde surgem as grandes oportunidades e onde as mudanças são mais possíveis.Eu,se estivesse em Lisboa,não era nada do que sou.Era muito menos.Ainda muito menos.É esse o meu objectivo de vida:ser,cada vez,menos e desprezar o meu umbigo.Diminuir-me e deixar de existir como individua*

sábado, 2 de maio de 2015

Sade...

"...e que nada nem ninguém é mais importante do que nós próprios. E não devemos negar-nos nenhum prazer, nenhuma experiência, nenhuma satisfação, desculpando-nos com a moral, a religião ou os costumes"...

quarta-feira, 29 de abril de 2015

E eu que pensava que era corajosa...

Estava a bisbilhotar numa rede social perto de mim e encontrei uma Senhora,com minúscula,ah ah,que abandonou um  excelente emprego + salário muito confortável (bastante acima da média),para se candidatar a um concurso dos Correios para carteiro(a)...Dizia que nem conseguia dormir de tão entusiasmada que andava com a perspectiva de...entregar cartas...percorrer ruas...dialogar com pessoas.Que lindo!Assim de repente,fiquei com vontade de fazer cobranças difíceis ou de  trabalhar numa caixa de um hipermercado (mas um que não trate bem o pessoal trabalhador).Também gostava de fazer a tal prova da amamentação,esguichar leite porque no meu tempo,antigamente,acreditavam no 'coiso' (=declaração) do médico.Que disparate,acreditar!!!
Continuando...A sério que é tão quentinho viver a sonhar.Ou sonhar a viver. E trocar o Ás pelo Duque,não aceitar trunfos e ficar com o restante!!!
Nhac que burguesa que estou :(

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Definição de arrogância...

Ouço uma colega (hi) dizer que os alunos  aprendem cada vez menos e com maior dificuldade!
E eu,estúpida de merda,sugeri que talvez fosse importante repensar o ensino,a forma como ensinamos e o que ensinamos...Diz ela "eu sei bem aquilo que faço e sei bem como o faço"!
Ai que puta de arrogância*

segunda-feira, 6 de abril de 2015

sábado, 7 de março de 2015

Uma professora não pode ser chata...


Só chata não!
Também pode ser aborrecida,enfadonha,enfastiante...
Há uma panóplia de opções*
Agora,ser estimulante é que não!
Não vá a canalha começar a pensar pela própria cabeça...

segunda-feira, 2 de março de 2015

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Abrir mentes...

Black and White: 130 • Sim, nós fodemos!: Peço desculpa pelo palavrão, mas este é o nome da campanha. A campanha Sim, Nós Fodemos está direcionada a todos os deficientes físicos, ...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Deixa-A ir ...

linda porca: Morrer de saudades: Toda a minha vida os vi assim, dois namorados, de mão dada na rua, de beijos na boca à despedida e à chegada, a dançarem os discos deles, e...

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Em poucas palavras...

pelo teu olhar: tu: "...a insanidade tomou conta de mim!" A fome, a falta de ti, a saudade de partilhar o beijo, de tocar a tua boca, de...

Afinal hoje é que é Natal*

pelo teu olhar:

Mesmo depois do Natal as estrelas continuam a br...
: Mesmo depois do Natal as estrelas continuam a brilhar!

Se é para cumprir é melhor não prometer...

pelo teu olhar: hide Ip: Foda-se, dão-se a cada trabalho!!!  se quiserem saber algo mandem mail que eu respondo...prometo!

São só tecidos,senhor...

pelo teu olhar:


uma pergunta simples...
porque é que o Glamour ...
: uma pergunta simples... porque é que o Glamour e a Sensualidade da roupa mexem tanto na mente de um homem? não só pedaços d...

E tu concebes?

pelo teu olhar:


...quantas vezes te li, quantas vezes te sonhei...
: ...quantas vezes te li, quantas vezes te sonhei, quantas vezes fiquei a imaginar a minha pele, desnuda, colada à tua!  Quantas!...

Quero a eternidade...

pelo teu olhar:  porque há!
...há dias em que não precisamos de im...
:  porque há! ...há dias em que não precisamos de imagens para complementar pensamentos. Há horas em que não precisamos de cores para tor...

Fusos horários...

pelo teu olhar:

Somos pó...

pelo teu olhar: tempos alados: No descanso destemperado amorfo na ilusão forjada dos ventos inclusos, submersos, noctívagos escondidos na cova interna ...

Vamos contar?

pelo teu olhar:

umaduastrêsquatro...afundam-se, levemente, em on...
: uma duas três quatro ... afundam-se, levemente, em ondas de saudade, provocando maresias efervescentes de serenidade. Não p...

"És linda em mim"...pelos caminhos...

pelo teu olhar:

"...redescobrimos o tempo. Hoje, neste irremediá...
: "...redescobrimos o tempo. Hoje, neste irremediável renascer Invernal, onde as folha perfazem os caminhos esgotados das poeiras ...

Mostra-te...

pelo teu olhar:


Consagra-te, 
Tudo o que fizeres a ti retornará...
: Consagra-te,  Tudo o que fizeres a ti retornará 3 vezes Posiciona-te Tudo o que está em cima também está em baixo P...

É dentro da capa mais dura que se esconde o corpo mais frágil...

pelo teu olhar:

Da FéPergunto-me muitasvezes se tenho fé, se por...
: Da Fé Pergunto-me muitas vezes se tenho fé, se por acaso, existe algo dentro de mim, que me impulsione a continuar em frente, a acr...

Qual é a tua forma de te viveres?

pelo teu olhar:


Quando desejares algo, nunca desejes, somente, ...
: Quando desejares algo, nunca desejes, somente, o pouco. Deseja o impossível, pede o impensável, o inatingível.  Se a vida no...

Eu sou um génio a descobrir génios...Tão quentinho*

pelo teu olhar:


"A noite flutua e as rosas dormem mimosas aos b...
: "A noite flutua e as rosas dormem mimosas aos beijos da lua. " Humberto del Maestro

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Os diferentes tipos de cagalhão produzidos,por todos os indivíduos,no acto da evacuação...incluindo as Tias de Cascais*

http://sademirandastreet.blogspot.pt/

Eis o estudo  feito pelo Senhor Legionário...

A “Linguagem da Merda”  categoriza os diferentes tipos de cagalhão que um indivíduo pode produzir no acto da evacuação. Assim, de forma a fazer renascer esta linguagem (e até, quem sabe, torná-la uma linguagem específica que mereça a cientificidade de outras áreas do saber como a linguagem do Direito, da Economia, da Medicina, etc.), levei a cabo uma pesquisa utilizando o método googleliano de que surgiu a recuperação das diferentes categorias cagalhónicas. Espero que este trabalho de investigação que produzi vos venha a ser útil.
.
Cagalhão Fantasma
Sentes sair, vês no papel mas não vês na sanita.
.
Cagalhão 'Clean'
Sentes sair, vês na sanita mas não no papel.
.
Cagalhão Eterno
Limpas, limpas, limpas... Mas fica sempre algo no papel até que decides subir as calças mas colocar papel nas cuecas para evitar as marcas de pneus.
.
Cagalhão II, 'o Regresso'
Sobes as calças, mas de repente apercebes-te que tens que cagar um pouco mais.
.
Cagalhão Enfarte
Cagalhão que te faz puxar tanto que até te aparece uma veia na testa.
.
Cagalhão Superestrutura
Tão grande, tão grande que até tens medo de o partir ao puxar o autoclismo. Sentes-te simultaneamente surpreso/a e orgulhoso/a.
.
Cagalhão 'Adorava que saísse'
Queres cagar, sentes que está próximo, mas só tens caimbras e peidos...A ponta do cagalhoto é aquela que dói tanto, tanto, tanto, que até pensas que está a sair de lado.
.
Cagalhão 'Splash'
É o que sai com tanta velocidade que molhas o cu todo.
.
Cagalhão 'Após uma festa'
É um líquido amarelo escuro que suja a sanita toda e que pica o cu.
.
Cagalhão Rabbit
São pequenas bolinhas. Umas flutuam, outras não.
.
Cagalhoto 'Surprise!!!'
Pensas que vais dar um peido mas quando dás por ela....já é tarde
.
Cagalhoto 'Time-out'
Estás a cagar divinamente num WC público, mas tens que parar porque não queres que a pessoa do lado te ouça.
.
Cagalhão O Barulhento
Tão barulhento que toda gente no WC se parte a rir.
.
Cagalhão A Mexicana
Cheira tão mal que até pica o nariz.
.
Cagalhoto Elástico
O que se recusa a cair mesmo sabendo que realmente já saiu...Esperas que abanando o rabo ele caia.
.

NOTA IMPORTANTE: Estas modalidades de merda são aplicáveis a toda e qualquer criatura humana, incluindo Tias de Cascais!

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Conhecem a Luzinha?

http://sluzinha.blogspot.pt/

Luzinha,olha aqui pessoas:)
Pessoas,esta é a Luzinha!
Cumprimentem-se e conversem um pouco,vá*


Então vocês sabiam que não somos imortais e não me dizem nada?
Obrigadinha!!!

domingo, 25 de janeiro de 2015

Todo o mundo tem uma infância que ressona...



Todo mundo é uma pessoa engraçada
E todo mundo tem a alma embolada
Todo mundo tem uma infância que ronrona
No fundo de um bolso esquecido
Todo mundo tem restos de sonhos
E cantos de vida devastados
Todo mundo procurou alguma coisa um dia
Mas todo mundo não a encontrou
Mas todo mundo não a encontrou


Seria preciso que todo mundo pedisse junto às
autoridades
Uma lei contra toda nossa solidão
Que ninguém seja esquecido
E que ninguém seja esquecido


Todo mundo tem somente uma vida que passa
Mas todo mundo não se lembra disso
Eu vejo pessoas que a dobram e até mesmo a quebram
E vejo aqueles que nem mesmo a vêm
E vejo aqueles que nem mesmo a vêm


Seria preciso que todo mundo pedisse junto às
autoridades
Uma lei contra toda nossa indiferença
Que ninguém seja esquecido
E que ninguém seja esquecido


Todo mundo é uma pessoa curiosa
E todo mundo tem a alma embolada
Todo mundo tem uma infância que ressona
No fundo de uma hora esquecida
No fundo de uma hora esquecida

sábado, 17 de janeiro de 2015

Os blogues indecentes,pornográficos,eróticos e afins (porcos,pá)*Atenção à bolinha vermelha...;)


Aprecio imenso...
São de pessoas com mundo e sem poeira...#ver observação
Terrivelmente educadas e doces...
São cremosas e derretem-se na boca
Lentamente e muito devagarinho*

Pronto,é para avisar que isto é o mais ordinário que eu consigo ser!!!

Observação.E os meus quentinhos são:
a Imprópria
o eusouassim
o PDR

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Quem fugiu para o Brasil?

Pensamentos de uma Gaja: Caramba pá: Minha nossa, uma gaja quando tem um tempinho à noite, sim, porque durante o dia tem de trabalhar e muito, tenta dar uma passeata pelo blogo-...

sábado, 3 de janeiro de 2015

O céu existe e está certo*

Creme de Avelãs: Tarte de Flan (Flan Pâtissier): Todas as noites a minha irmã leva um copo de água que põe em cima da mesinha de cabeceira. Numa noite, enquanto dormia, deu uma patada...

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Isto sim é amizade...;)

Um Mundo Diferente: História de amizade: O jovem sentiu um pêlo a sair do seu nariz. Era anormalmente longo. Apesar de o tentar meter para dentro, aquele fio rebelde insistia em ...

domingo, 28 de dezembro de 2014

Receita de ano novo...Carlos Drummond de Andrade*

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).

Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Ary dos Santos

NATAL É QUANDO UM HOMEM QUISER

Tu que dormes a noite na calçada de relento
Numa cama de chuva com lençóis feitos de vento
Tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento
És meu irmão amigo
És meu irmão

O Natal é quando um Homem quiser!

E tu que dormes só no pesadelo do ciúme
Numa cama de raiva com lençóis feitros de lume
E sofres o Natal da solidão sem um queixume
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

Tu que inventas ternura e brinquedos para dar
Tu que inventas bonecas e combóios de luar
E mentes ao teu filho por não os poderes comprar
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que vês na montra a tua fome que eu não sei
Fatias de tristeza em cada alegre bolo-rei
Pões um sabor amargo em cada doce que eu comprei
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

domingo, 21 de dezembro de 2014

A reciprocidade é uma questão de ética...

E,acrescento,de elegância também!!!
Há por aqui na blogosfera tanto egocentrismo,tanta arrogância,tanta vaidade que me faz imensa aflição...Isto tem a ver com blogues que recebem visitas e comentários e são incapazes de os retribuir.
O que é que estas pessoas pensam que são? 
E depois fazem posts onde revelam grandes preocupações com a humanidade e com a falta de solidariedade...De rir...Nem um pequeno gesto são capazes de retribuir...Deixem de representar e de ser fingidos!!!


Por questões relacionadas com amor (uhum),apenas alguns blogs estão autorizados a não me ligarem um cu e a ignorarem a minha existência.Podem fazê-lo à vontadinha que eu vou continuar a segui-los,a lê-los,a comentar e a devorar.Que se lixe a reciprocidade aqui...




Mas,ó comuns vegetais,isto não se aplica a todos...;)


Também gosto de receber visitas e comentários!
Gosto de dar e de receber.Também*


 Tenho duas mãos e fazem par uma com a outra:)


Perceberam?

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O segredo do poder é a união*

            A sociedade dos bonobos é completamente matriarcal. Por causa das fortes relações entre elas,dominam completamente os homens;)...É isso*
Vivem-se...
 Mimam-se...
 Partilham na realidade...
 Servem de almofada uns para os outros...
 Dão a mão...
 Os maiores são lençóis...

 Alapam  onde e quando querem...
 Desconfiam dos humanos...
Porque são melhores e mais inteligentes que nós.Muito mais!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

sábado, 13 de dezembro de 2014

Compras de Natal...

OMG estou que nem posso...
Vejam,vejam,vejam (a repetição é para perceberem o meu entusiasmo).
Reparem na forma...

 Tão bom,tão bom,tão bom  (triplo reforço) andar no meio de pessoas em grandes superfícies comerciais...
Amo esta piaçaba*
 Quando vi estes lenços de papel foi amor à primeira vista.
Agora são meus e meus.
Tudo o que sempre desejei*
 Quando entrei na loja e as vi olharem para mim,pensei "quero tanto" !!!
A minha cor preferida*oh,Deus...
 Eu sei que estas minhas escolhas vos comovem e vos dão alento...
Estes coisos com aquele bâton vão ficar um must (vai ser cá uma coisa)...
Ui*
 Sim,eu sei...Este branco é imaculado.
Já estou a fazer mentalmente a conjugação com aquele casaquinho que comprei muitooooooooooo acima das minhas possibilidades...Ai*
 E vocês já fizeram as vossas comprinhas de Natal?
Olhem,é assim eu não percebo porque vocês não falam com o vosso companheiro.A sério,podiam combinar quem é que vai atingir o orgasmo primeiro...Oh,pensando bem,deixem lá isso.É mais fácil fingir.Ui!!!E em relação à cena das meias,é assim:depende da cor!!!Sabem que,às vezes,temos tudo e não temos nada.Não é?
Mas também não precisam de guinchar que nem porcos,fodassssss...
isto aqui não é um matadouro!!!
Ah e as pestanas postiças?
Já as coloquei,mas depois esfreguei os olhos e saíram todas...Fiquei tão triste que até chorei e depois enfardei-me de doces e depois e depois...
Ai Pilar és o meu pilar (disse Saramago à moça).Isto sim,é literatura!!!
Nice sábado,meus queridos*

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Disseram-me...


És feliz?A sério?É que o teu caráter interativo, extrovertido e alegre é o oposto da norma social daí...(do Minho)*
Ah...
E depois?

Carta...;)

MÃEZONA :
Não chores… Eu prometo telefonar-te várias vezes ao dia. No fim-de-semana telefono mais. Também telefono para me coçares as costas…
Ainda não sei o que vou fazer. Estou indeciso. Só sei que quero ser vendedor…
Vender algodão doce? Mãezona, conversamos tanto sobre isto…
E sobre vender pipocas de várias cores, todas dentro do mesmo pacote? Tu fartaste-te de rir …Até disseste que eu era  ‘tota’…
Também já pensei vender cachorros quentes à saída do cinema. Dizem que as pessoas, depois de verem um filme, ficam com fome…
Ó Mãezona, és a única mulher que me dá valor. Também foste a fabricante eheh…
Olha, eu tive para sair de casa na segunda. Mas não tive coragem. Saí hoje, sexta, porque ao fim de semana posso telefonar mais vezes…;)
Como é que eu faço para lavar a minha roupa? Posso juntar e depois levar aí?
O pai deve estar orgulhoso de mim. Aposto…
Também pensei em fazer-me de estátua, na cidade…Dizem que é uma coisa com futuro! As pessoas são generosas e dão até 50 cêntimos. Assim até posso ajudar-te com as despesas da casa…Que dizes, Mãezona?
Sabes que és a minha mãe preferida?
E a história dos balões? Sempre sonhei vender balões, em romarias…Desculpa eu ter chorado tanto quando aquele balão que me deste, vermelho, ficou preso na árvore, lá em cima. Obrigada por me teres comprado outro. És a maior…
Mãezona, estou aqui ao lado, na casa do mano velho. Já sabes, se quiseres anda visitar-me. Vendo bem, aos 36 anos, já era altura de sair de casa! Não achas, velhota?
Vendo algodão doce, pipocas às cores, cachorros quentes ou balões diversos? Ou faço-me de estátua?
Mãezona acho que vou aí. Não trouxe os preservativos que me compraste…

Já sei que tens saudades… És sempre a mesma! 

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Poder e Prazer.Prazer e Poder.O Poder do Prazer ou o Prazer do Poder.Todos no fundo do poço e ninguém escapava.Homens*

Vagueava pela vida, entre a multidão…Inverteu o sentido da marcha!
Agora era Jeremias Matias.
Multimilionário de Indústrias Farmacêuticas.
Homem de sucesso e capaz de importantes decisões.
Papel principal…
PODER!
08.50H de todos os dias…Entrou no elevador. Andou…Saiu do elevador!
As portas abriram-se para o mundo…
Uma passagem larga forrada com painéis renascentistas com o nome da empresa "Matias", em letras garrafais, em toda a parede. Uma recepção, sala aberta e requintada. Portas de escritório cobriam as paredes e dois departamentos envidraçadas, de conferência, em ambos os cantos da grande área. Havia uma sensação de ‘mundo’, madeiras nobres e destaques em ouro misturados com iluminação moderna e várias obras de arte.
Mundo dos negócios!
Todos os dias chegava ao poleiro à mesma hora, impreterivelmente!
O seu escritório ficava no último andar de um grande edifício.
Impecavelmente vestido.
Adequado.
Terno e gravata.
Respirava poder…
Hoje o dia era importante.
Dia de rescindir vários contratos de trabalho temporários…Era dia de entregar cheques e lacrar vínculos. Era dia de colocar pessoas no desemprego. As decisões sobre demissões são semanais. Gostava de assinar essas directrizes… Missão cumprida!
Em viagem…
De Limusina para o aeroporto de voos privados para ricos e influentes….
Enquanto cruzava o oceano, rabiscava apontamentos com caneta de prata.
Chegada ao outro aeroporto de voos para ricos e influentes…
Limusina…Hotel…Suite…
O interior da suite era incrível e espalhafatoso.
Espelhos dourados e prateados.
Pinturas.
Candelabros de ouro e cristal.
Molduras cheias de rococó.
Filigrana em cada canto.
Paredes ilustradas com tapeçarias valiosas.
Na banheira de porcelana estava Ela, sua ‘secretária pessoal’.
Afundada na água quente.
Banho de espuma.
Fragrância sem estima e limão doce.
“Quero-te aqui agora”…
Palavras de comando de quem quer ser obedecido.
“Veste isto”…
Corpete de cetim branco…Puro!
“Deita-te e fica quieta”…


O PODER do PRAZER!

sábado, 22 de novembro de 2014

Os Passos em Volta,by Herberto Helder

Um livro ascendente,além e daí PERFEITO!!!
Além mundo e além coisas do mundo!!!
Os Passos em Volta de um LUGAR AO SOL...Só os loucos sabem...Só os loucos atingem a perfeição e a lucidez.Só os loucos chegam ao futuro,no presente...Só os loucos sentem e pressentem o passado...Só os loucos se deixam esmagar...Só os loucos sabem dar...Só os loucos tem sentido,o único sentido!!!

http://youtu.be/bgsJtfE8DmY

Representam passos,os loucos!Os loucos traduzem-se e fazem do corpo um poema de regresso ao eu...Os loucos tem vertigens psicóticas e vontades caóticas...Os loucos tem...:)
Tem enredos fantásticos e desejos de sonhar...São notáveis e pouco práticos,especialistas em errar!São tão objectivos e românticos na arte de desperdiçar...Uma existência a transbordar enfeitada com poemas de pensar...
Herberto Helder e o poder das palavras e da linguagem associados ao sol* 
...
"Não há raças nem países. O homem é estúpido. E precisa que o amem, precisa amar. Um pouco repugnante, não? Mas pode-se amá-lo, assim repugnante."
"Os comboios passariam sempre. E eu estaria a pensar nas palavras do amor, naquilo que se pode dizer quando a extrema solidão nos dá um talento inconcebível." 
...
Um homem divino,em forma de contos,a preencher vazios de alma.Vazios que ficam cheios de tão bem cheirar...Completamente desconexos e descontínuos,como o ser e os seres que temos dentro ou ao lado de nós...Somos descoberta e procura...Somos pontas soltas sem nós!
Somos um ápice...
Somos curtos...
Somos poucos...
Somos absolutamente "nada fantásticos" e fico sempre com a cabeça a estremecer quando me revisito...Quando os meus olhos tocam os meus e me vejo,ou melhor,chego à porcaria de coisa que sou!
E,depois disto,deixo de ter medo por saber tudo e de tudo que não sou!
Só que não...
...
(...) Cumplicidade e ardor, a partilha da vulnerabilidade mútua, a coragem de tudo enfrentar com tão pouco: essas eram as nossas armas. E dispúnhamos dos melhores talentos da libertinagem. Annemarie puxou-me para dentro e amamo-nos sobre o cobertor até de manhã, até a luz fria nos afogar. (...)