Toda a gente tem mediunidade.Uns mais,outros menos.É uma competência.Dizem...Ser médium...É ter uma apurada intuição abstrata e também pragmática (coisas que não viveu e coisas que viveu).É não ter lógica.É ter alguns comportamentos estranhos.É brincar no chão do tecto.É ter a dor no olhar.É particular.É fixar o vazio.É encontrar doenças.É confusão mental.É raiva.É noite.É chorar.É excesso .É não conseguir...É não ter forma.É trauma.É impotência. É presença negativa.É morte.É não compreender.É não aceitar.É não ter ajuda.É uma situaçao por resolver.É um problema desconhecido.É pouco indicado.É imprudente.É não ter perspectiva.É por resolver.É desdobramento.É uma condição.É não assumir.É obrigatório.É não ter alternativa.É imposto. É sofrimento. É rejeição.É um caminho  não escolhido.É falta de preparação.É um processo.É depuração.É lucidez.É singular.É uma manifestação.É vigilia em sonho..É ter várias vozes na cabeça..É humildade.É sofrimento.É pressentimento.É stress total e fatal.É humanidade in extremis.É provação constante.É  vida aberta em sentido único.No sentido da loucura..